tosquiar cão com tesoura

Tosquiar cão: o que deve saber antes de tosquiar o seu

A pele e o pelo são a interface do corpo dos nossos animais de companhia e o meio ambiente, por isso têm uma importante função de proteção contra o frio e o calor e contra a ação dos raios ultravioleta (UV). Além disso, a saúde do pelo reflete, muitas vezes, a saúde dos nossos animais: quando estão doentes o pelo fica sempre menos bonito e menos cuidado. Tire todas a dúvidas antes de tosquiar o seu cão!

A importância da tosquia

A tosquia pode parecer apenas uma ação estética, porém, é fundamental na manutenção da saúde do pêlo e da pele de alguns cães, prevenindo infeções e feridas provocadas pelo emaranhar do pêlo.

Quando o pêlo fica emaranhado junto à pele, formando o equivalente e uma “rasta”, a humidade e a pressão junto ao corpo do cão, pode levar ao aparecimento de dermatites e feridas infetadas.

Outra função importante da tosquia, é a prevenção de infestações de parasitas externos, podendo também ajudar no processo de desinfestação e na aplicação da desparasitação através de pipetas e coleiras desparasitantes. 

Diferentes tipos de tosquia, com diferentes finalidades

  •  A tosquia de raça é um tipo de corte que varia precisamente com a raça, tendo como objetivo destacar certos traços do animal. Em alguns casos, pode ir um pouco além da estética, como no Cão d’Água português, em que a tosquia de raça tem também uma vertente funcional. 
  • A tosquia higiénica em que o objetivo é eliminar o excesso de pêlo em certas zonas do corpo como em volta dos olhos, boca, barriga, zona genital e anal e na cauda. Como o próprio nome indica, é um tipo de tosquia que é feita por razões higiénicas. 
  • A tosquia completa que é ideal para cães de pêlo comprido e em que é utilizada a máquina de tosquia para cortar o pêlo mais ou menos curto, mas todo por igual. 
  • E o Stripping, utilizado em cães de pêlo cerdoso. Este tipo de tosquia retira o pêlo em excesso e, apesar de parecer, não é doloroso. 

É importante referir que a tosquia não é indicada em todos os animais: quando tosquiamos animais de pêlo curto, o pêlo cresce de forma desigual, por isso a maioria dos profissionais da área não o fazem. Além disso, algumas raças com subpêlo muito desenvolvido, não devem ser tosquiadas como, por exemplo, o Pastor Alemão e o Husky. Nestes cães, o subpêlo é muito importante na manutenção da temperatura e, por isso, a tosquia pode ser muito prejudicial. 

Por outro lado, mesmo quando falamos de raças com necessidade de tosquia, quando esta não é feita com a regularidade devia e o pêlo dos animais não é devidamente tratado e escovado, a tosquia tem que ser muito curta, pêlo que vai expor a pele do animal à ação dos UV e pode mesmo comprometer a manutenção da temperatura em climas mais extremos. 

Se pretende tosquiar o seu cão, deve informar-se com o seu médico veterinário assistente e com profissionais da área, com formação específica para o serviço.  


Vet.Point – Clínica Veterinária Oeiras
Urgências 24h | 927896112 • 211918923 | geral@vetpoint-ivl.com

Rua Manuela Couto Viana 5, 2780-371 Oeiras

Contacte-nos

Contacte-nos

+351 927 896 112

(chamada para rede móvel)
E-mail

E-mail

geral@vetpoint-ivl.com

Marcações Online

Marcações Online

Envie-nos uma mensagem