Como tratar pulgas em gatos?

O melhor é sempre a prevenção! Irradicar pulgas, dos nossos pets e casas, poderá ser um desafio. Neste artigo vamos explicar como tratar pulgas em gatos!

Apesar de existir uma espécie de pulgas que preferencialmente parasita cães (Ctenocephalides canis) e outra que parasita gatos (Ctenocephalides felis), as pulgas podem alimentar-se do sangue de outras espécies, incluindo o nosso.

A pulga dos gatos é a espécie mais abundante!

Quais as causas e sintomas de pulgas em gatos?

Uma infestação num animal saudável pode passar despercebida. No entanto, num animal mais sensível com alergia saliva da pulga pode causar dermatites severas e um mau estar generalizado.

Uma elevada parasitémia poderá causar anemia que será mais severa em animais jovens ou seniores.
Para além disso, as pulgas poderão ser portadoras de uma bactéria, o micoplasma, que causa  anemia severa por destruição extravascular  das hemácias e em casos severos e sem tratamento pode culminar na morte do animal.

como tratar pulgas nos gatos

Fonte: Seresto

 

Através do ciclo de vida da pulga conseguimos perceber que estas enquanto adultas vivem nos animais para se puderem alimentar e reproduzir mas os estadios iniciais (ovos, larvas e pupas) podem viver no ambiente e parasitar camas, soalho, tapetes, etc.

As pupas podem ficar no casulo bastante tempo até haver condições favoráveis ao seu desenvolvimento.

Assim sendo é importante tratar o ambiente para além de tratar o animal.

O ambiente das nossas casas é propício para o crescimento e desevolvimento das pulgas e os nossos gatos são ótimos hospedeiros. Nós próprios podemos ser portadores de ovos que vão presos na sola dos sapatos ou mesmo de alguma pulga adulta.

Que tipos de tratamentos existem para tratar pulgas em gatos?

Existem vários tratamentos disponíveis atualmente para gatinhos.
Desde spot-on, sprays e coleira até comprimidos orais.

Uns serão mais efectivos que outros mas temos que considerar idade, peso e estado geral para optarmos por um ou outro métodos. Deve sempre aconselhar-se com o seu médico veterinário assistente.

Para desinfeção da casa também existem vários produtos disponíveis. No entanto, é importante aspirar bem toda a casa, principalmente carpetes e chão de madeira. Mantas e tapetes devem ser lavados e só depois devemos aplicar produtos insecticidas.

Devemos ter em conta a toxicidade dos produtos que usamos e em que condições os aplicamos para que seja seguro para os nossos gatinhos.

 

Aconselhe-se sempre com o seu médico veterinário assistente.

Até breve!


Clínica Veterinária Oeiras – 927896112 • 211918923
Urgências 24h
geral@vetpoint-ivl.com