Dicas sobre Banhos e Tosquias

Neste artigos damos-lhe a conhecer Dicas sobre Banhos e Tosquias.

Qual é a quantidade de banhos e tosquias recomendadas?

O número de banhos e tosquias que um animal precisa depende de muitos fatores, tais como: raça, tamanho, tipo de pelo e estilo de vida do animal.

A tosquia pode ser efetuada segundo os padrões de cada raça ou ao gosto do tutor.

Os coelhos, chinchilas, hamsters, gerbos, cobaias, entre outros pequenos mamíferos, não devem tomar banho com água.
Existe champô em pó, que se coloca nas instalações para que eles possam utilizar na sua higiene.

Por sua vez, os gatos, realizam a sua higiene diariamente durante cerca de 5 horas.
Contudo, alguns gatos de pêlo comprido podem beneficiar de banhos e tosquia, sendo a frequência estabelecida pelo médico veterinário assistente, assim como no caso dos cães, para que a barreira cutânea não fique comprometida.

É preciso ter em atenção que devemos evitar banho e tosquia de animais que ainda não tenham completado o protocolo vacinal, uma vez que vão partilhar o espaço com outros animais e o seu sistema imunitário ainda não está totalmente modelado.

O banho remove sujidade, impurezas e alergenos, podendo também ser utilizado como arma terapêutica em animais com prurido e alergias cutâneas.

Deve sempre informar-se com o seu médico veterinário qual o esquema de banho e tosquia que melhor se adequa ao seu amigo patudo.

 

 

Ficou com alguma dúvida?
Aconselhe-se sempre com o seu médico veterinário assistente.

Até breve!


Clínica Veterinária Oeiras – 927896112 • 211918923
Urgências 24h
geral@vetpoint-ivl.com