Coriza gripe dos gatos

O que é a Coriza?

A coriza felina ou, como é mais conhecida, a gripe dos gatos é uma doença das vias respiratórias superiores dos gatos.

Ao contrário da nossa gripe, que é causada por um influenza virus, a gripe dos gatos pode ter uma origem multifactorial e ser causada por diferentes vírus, bactérias e até fungos.

A infeção poderá ocorrer de forma simples, apenas um agente, ou em associação de diversos agentes. Os vírus mais comuns são o influenza virus, herpesvírus tipo I e calicivirus felino.

Podemos ter em associação aos vírus a presença de bacterias como a chlamydia felis ou a bordatella bronchiseptica e o mycoplasma felis. Bactérias como o streptococcus, staphylococcus ou pasteurella podem aparecer de forma oportunista, aproveitando a debilidade do organismo do gatinho agravando a patologia.

Onde ocorre o contágio da Coriza?

A patologia ocorre principalmente em ambientes de sobrepopulação, sempre que temos vários gatos a cohabitar em espaços pequenos. É comum em gatis e abrigos.

O contágio ocorre através do contacto directo com o animal infectado ou indirecto através do contacto com material libertado através da tosse ou dos espirros.

Os grupos de maior risco são em primeiro lugar os animais não vacinados e depois os muito jovens ou mais velhos.

Animais que possuam alguma doença concomitante, nomeadamente doenças imunossupressoras ( ex. FIV ou FELV), são também mais susceptíveis.

Quais são os sintomas?

Normalmente a doença afecta as vias respiratórias superiores (nariz, boca, olhos, laringe e traqueia) e pontualmente afecta brônquios e pulmões.

A sintomatologia difere de animal para animal dependendo dos agentes envolvidos, normalmente caracteriza-se por espirros, corrimento nasal e ocular, úlceras na cavidade oral e a nível ocular, perda de apetite, febre, letargia e conjuntivite severa. Em casos severos poderá evoluir para pneumonia ou broncopneumonia.

Os animais infectados poderão ser portadores da doença durante bastante tempo (meses ou até anos).

Em alguns casos, dependendo da gravidade da doença e agressividade do agente, a doença poderá ter um carácter crónico.

Prevenção e Tratamento da Coriza

A vacinação é de extrema importância porque apesar de não conferir proteção contra todos os agentes, atenua a sintomatologia em caso do animal ficar doente.

O tratamento passa pela reposição da hidratação do animal, antibioterapia/antiviricos, antinflamatório e/ou expectorantes. Este deve ser sempre introduzido por um veterinário.

Na maioria dos casos a gripe felina não é fatal.
No entanto em animais muito debilitados ou imunodeprimidos poderá ser fatal.

 

Aconselhe-se sempre com o seu médico veterinário assistente.

 

Até breve!


Clínica Veterinária Oeiras – 927896112 • 211918923
Urgências 24h
geral@vetpoint-ivl.com