Acasalamento de cães – 5 dicas eficazes

O acasalamento entre cães, pode ser algo que alguns tutores desejam, enquanto outros tentam evitar a todo o custo.

Antes de deixar acasalar o seu animal, deve ter em conta alguns factores como qual o destino que terão os bebés que nascerem e se terá forma de cuidar deles, pelo menos durante os primeiros dois meses de vida.

Caso não pretenda que o seu animal se reproduza, pondere a esterilização.
Esta é a única forma eficaz de evitar ninhadas não desejadas, tendo também outros benefícios a nível da saúde do seu animal.

cães felizes a correr

Quer esteja a planear ter uma ninhada ou se depare com um acasalamento que não foi planeado, ficam 5 dicas para que tudo corra da melhor forma.

Não deixe os seus animais acasalar antes de completarem 2 anos.

Apesar dos cães poderem atingir a maturidade sexual entre os 7 meses e os 2 anos, consoante a raça, eles não devem acasalar antes de completarem 2 anos ou, no caso das fêmeas, antes do terceiro cio. Isto porque, apesar de terem atingido a puberdade, ainda não estão completamente desenvolvidos fisicamente e são, por isso, menos competentes para garantir uma gravidez completamente saudável.

Proporcione um acompanhamento veterinário

No caso de querer que os seus animais acasalem, deve proporcionar-lhes um acompanhamento veterinário antes de tal suceder.

Alguns problemas de saúde podem contraindicar um acasalamento de forma temporária ou definitiva, tanto nos machos como nas fêmeas.

Para além disso, o médico veterinário poderá esclarecer as suas dúvidas e ainda confirmar se a cadela está no período fértil. Após a cópula, a fêmea também deverá ser acompanhada.

Poder-se-á fazer um diagnóstico de gestação por ecografia a partir dos 20-30 dias após o acasalamento e uma contagem dos fetos por raio x após 40 dias. Isto é particularmente importante pois consegue-se saber a viabilidade dos fetos, o seu tamanho, número e posicionamento, podendo antever-se potenciais complicações na gravidez e no parto.

Aprenda a identificar os sinais de cio

boston terrier

Se souber identificar os sinais de que a sua cadela está em período fértil, mais facilmente saberá a melhor altura para a acasalar, no caso de pretenter que engravide, ou para a afastar de machos, caso não queira bebés.

O cio na cadelas dura cerca de 15 a 20 dias e repete-se, sensivelmente, a cada 6 meses.

Inicialmente, apresentam a zona vulvar inchada e um corrimento sanguinolento e alguns dias depois o corrimento pode diminuir e começam a aceitar os machos. Nesta altura, estão no seu período mais fértil, mas atenção pois nem todas as cadelas apresentam o mesmo comportamento. Algumas podem nunca aceitar os machos e outras aceitar em todas as fases do ciclo, por isso, preste atenção aos sinais físicos mais do que aos sinais comportamentais.

Escolher os pais

raça chihuahua

Conhecer os dois pais e saber os seus antecedentes de saúde é uma parte importante de planear o acasalamento ou de antever complicações durante o parto.

Se, por exemplo, o tamanho do macho for bastante superior ao da fêmea isso pode indicar que os fetos serão muito grandes e acarretar problemas durante o parto. Também algumas condições médicas são importantes de serem conhecidas, pois contraindicam a procriação por parte desses animais, nomeadamente, displasia de anca, criptorquidismo (ausência de um ou os dois testículos no escroto) e doenças sexualmente transmissíveis.

Não separe os cães durante a cópula

veterinario oeiras

Durante a cópula, uma estrutura na base do pénis do macho incha e faz com que macho e fêmea fiquem presos um ao outro.

Mesmo que não fosse a sua intenção que ocorresse o acasalamento, não separe os cães nesta fase, pois podem ocorrer lesões em ambos os animais se forem forçados a separar-se.

Até breve!


Clínica Veterinária Oeiras – 927896112 • 211918923
Urgências 24h
geral@vetpoint-ivl.com