animal de estimação tem ansiedade de separação

3 sinais de que o seu animal de estimação tem ansiedade de separação e como ajudar?

Após os períodos de confinamento obrigatório que vivemos no último ano, o nosso regresso à rotina pode provocar ansiedade nos nossos animais de companhia, quer sejam cães ou gatos. Existem muitos comportamentos que nos podem indicar que o nosso animal de estimação tem ansiedade de separação, sendo que os três mais comuns e, também, mais fáceis de observar em casa são:

  • Os chamados “acidentes” em casa, em que cães que já estavam perfeitamente adaptados à rotina de ir à rua fazer as necessidades, voltam a urinar e a defecar dentro de casa, e gatos que começam a urinar e a defecar fora da liteira. 
  • Automutilação, em que os animais arrancam o pêlo, se coçam e lambem demasiado. 
  • Comportamento destrutivo, em que animais que já não roíam coisas em casa, voltam a fazê-lo ou, animais que não deixaram de o fazer, mas que agora o fazem mais intensamente. 

É também importante ouvir os seus vizinhos, uma vez que outro dos sinais de alerta poderá ser o ficar a chorar/ladrar por longos períodos de tempo. 

pets com ansiedade de separação

Existem várias estratégias que permitem ajudar os nosso animais a lidar com a ansiedade de separação:

  1. Promover a adaptação do animal a ficar sozinho em casa com momentos de ausência que vão aumentando com o tempo.
  2. Criar uma rotina: é importante sair e regressar mais ou menos à mesma hora e estabelecer tempos para brincar e dar atenção ao seu animal.
  3. É importante que não façamos do nosso regresso um “grande momento” com muitas festas e brincadeira. O nosso regresso é algo que deve ser normal e calmo. 
  4. Pode ser importante deixar um ou dois brinquedos à disposição. O ideal, se possível, é alterar o brinquedo de dia para dia, mantendo o elemento “surpresa” entre 3 ou 4 brinquedos preferidos. No caso dos cães, pode ser estimulante ter algo que possam roer à disposição como, por exemplo, os “ossos” de nylon. 
  5. Por fim, mas não menos importante, a utilização de coleiras e difusores de feromonas ou de óleos essenciais também pode ser uma estratégia importante. 

Em caso de dúvida, estamos sempre disponíveis para o esclarecer.


Vet.Point – Clínica Veterinária Oeiras
Urgências 24h | 927896112 • 211918923 | geral@vetpoint-ivl.com

Rua Manuela Couto Viana 5, 2780-371 Oeiras

Contacte-nos

Contacte-nos

+351 927 896 112

(chamada para rede móvel)
E-mail

E-mail

geral@vetpoint-ivl.com

Marcações Online

Marcações Online

Envie-nos uma mensagem